Menu de navegação de páginas

Falando sobre nossos amiguinhos.

Você ama seus animais de estimação? Então, vamos entender como ama-los mais.

Olá pessoal tudo bem com vocês?

Estou aqui para falar sobre um assunto que há algum tempo eu tenho pensado. Navegando pela internet eu tenho visto casos de pessoas que abandonam seus animais de estimação, pessoas que maltratam e até mesmo matam seus animais de estimação. Bom, pensando bem, quem faz este tipo de coisa com seus animais na verdade não estimam seus animais, eles odeiam seus animais.

E a culpa, é de quem?

R: A culpa é do ser humano.

Não é de mais ninguém. É o simples fato de quem tem condições de raciocinar de pensar de decidir conscientemente sobre que atitudes tomar em uma determinada situação. Eu imagino que vocês já devem saber em qual ponto de vista eu quero chegar. O ser humano nessa relação de homem x animais de estimação, é o único que pode tomar decisões conscientes de que rumo tomar. E isso é uma verdade que parece que alguns de nós seres humanos não enxergamos.

Eu não estou aqui para falar sobre casos isolados que todos os dias aparecem na mídia. Não é esse o ponto. Gostaria de compartilhar com vocês meus pensamentos sobre a relação entre pessoas e animais de estimação. Sempre que vejo notícias, desabafos de alguém no facebook, fotos e mesmo textos de maus tratos com os animais eu penso a que pontos chegamos. E o pior é que a intolerância humana passa pelos animais irracionais e chega até nossa própria raça, nós que nos intitulamos racionais fazemos mal para nossa própria raça. Mas isso é uma outra história que não vem ao caso no momento.

Quando uma pessoa chega ao ponto de maltratar um animal eu fico imaginando o quão triste deve ser a vida desta pessoa, o quão sem rumo este individuo deve ser em sua vida pessoal para fazer tamanhas crueldades com seres que por mais que tenham feito alguma coisa que a pessoa não tenha gostado não tem culpa do que fizeram. Aí algumas pessoas podem querer se justificar.

– Ah, mais o cachorro subiu em cima da mesa e comeu toda a carne que estava na panela enquanto eu ia atender ao telefone. Bom, primeiro, se ele comeu é porque estava com fome. Segundo, você provavelmente já deve ter dado carne da sua comida para ele comer, então ele aprendeu que carne feita por você é gostosa. Terceiro, ele tem livre acesso ao interior de sua casa.

E eu poderia ficar aqui enumerando vários e vários motivos para justificar a atitude do seu animal de estimação. Mas e você! Acha que a atitude dele é suficiente para matá-lo de tantas pancadas? Pense em quanto suas atitudes são destrutivas para você mesmo. Será que o motivo de você estar fazendo isso é mesmo, unica e simplesmente, devido à atitude de um animal irracional? Veja se você não está descarregando suas frustrações do dia a dia em um ser que não sabe o que esta fazendo. Será que você também não descarrega a raiva de suas frustrações no seu filho, marido/esposa ou outro parente ou pessoa próxima?

São muitas perguntas que devemos fazer a nós mesmos sobre como está nossa vida e como nós lidamos com nossos sentimentos em relação ao mundo onde estamos inseridos. Para o ser humano não é justificativa culpar a ação ou mesmo a existência de um animal irracional para diminuir minha culpa com relação ao meu erro. Tem uma síndrome na humanidade que a cada dia que eu acordo vejo que é verdade. Ela se chama síndrome do desculpismo. Nós damos desculpa para tudo na vida, tentando encobrir nossos erros. E, o (des – culpar) ou seja, o tirar a culpa de nós é um dos maiores males que há na terra.

É lógico que tem pessoas com distúrbios, mentais e emocionais aí já é outra história. Essas pessoas que maltratam animais e normalmente frequentemente, são doentes mentais precisam de tratamento médico para que possam conviver em sociedade.

Olha eu não gosto de falar de coisas ruins, mas algumas vezes acho necessário para ver se eu consigo sacudir pelo menos uma pessoa. Se uma pessoa ler o que eu tenho a dizer e após isso se conscientizar que ela deve mudar, deve mudar o seu caminho eu já fico satisfeito.

Otávio e Gustavo com seu cachorrinho Toti.

Aqui estão, eu, meu irmão e o nosso cachorrinho Toti.

Eu me deparei com a maldade humana, maldade com animais de estimação, muito cedo. Eu tinha um vira-lata chamado “Toti”, eu devia ter em torno de 4 a 5 anos de idade e me lembro de algumas passagens com ele. De brincar com ele, correr com ele, fazer carinho nele. E eu lembro, embora muito novo ainda, que eu gostava muito dele. E infelizmente alguém na vizinhança não gostava nem um pouco dele. Haja vista que algum vizinho envenenou meu cachorrinho Toti e ele morreu.

Otávio e Gustavo com seu cachorrinho Toti.

Olha nós aí denovo.

Uma lembrança que eu tenho muito forte na minha mente é ver o meu pai pegar o Toti, morto, na frente da casa onde morávamos, com uma baba branca saindo da boca do Toti e leva-lo para enterrar no quintal da casa, embaixo de um pé de abacate que havia em nosso quintal. Imaginem uma criança de 4 ou 5 anos que hoje aos 37 anos lembra de uma passagem como esta, o tanto que não foi marcante para mim ver meu cachorrinho morrer pela intolerância, não, pela maldade de um vizinho?

Mas vamos falar de coisa boa? Eu resolvi que gostaria de ajudar pessoas a cuidarem melhor de seus animais de estimação. E existe uma comunidade grande de pessoas que tem vontade de saber como cuidar de seus queridos animais de estimação o melhor que puderem. E por algum tempo pensei em como faria isto. E pesquisando na internet vi que existem vários livros e videos que ensinam como cuidar de seus animais de estimação. Alguns deles grátis e outros pagos, mas os pagos são valores que a grande maioria das pessoas que tem acesso a internet tem condições de adquirir, valores que variam de R$ 6,00 a R$ 50,00 o que é perfeitamente possível de vocês adquirirem.

Assim, em breve vou deixar os links para vocês adquirirem estes livros e videos aqui no site do Falar sobre pet’s. Na verdade eu já faço isso, eu tenho alguns artigos aqui no Falar sobre pet’s onde coloquei dicas de como cuidar de alguns animais de estimação. Mas eu fiz os artigos e no momento em que eu os fiz, o meu pensamento era de, qual assunto que meus leitores gostariam de ler?

Eu ainda não tinha essa motivação de ajudar as pessoas a cuidarem de seus animais de estimação. Mas o tempo amadurece as nossas idéias e agora mudei o foco. Mas eu vou continuar a colocar artigos do cotidiano dos animais de estimação, vou continuar denunciando maus tratos com animais e vou continuar colocando bichinhos engraçadinhos que alegram nossa vida também.

Aproveitem para ler nossos artigos mais antigos que tratam do tema deste post. Como por exemplo:

Um trabalho de heróis. APA-Uberlândia-MG (Click no título azul para ver o post e o vídeo)

Nessa transcrição do vídeo feito pelos alunos da Universidade Federal de Uberlândia, eles mostram o trabalho voluntário que tem na associação de proteção dos animais em Uberlândia – MG. Mesmo que você não seja desta cidade e esteja em qualquer lugar do Brasil ou do Mundo a iniciativa das pessoas que conduzem esta associação é um exemplo que pode ser copiado e aplicado na sua cidade. Ou procure uma associação semelhante na sua cidade e seja voluntário.

– Peixes em um aquário, como cuidar e ter sensação de paz e tranquilidade. (Click no título azul para ver o post)

O Falar sobre pet’s não fala só sobre cachorros e gatos, ele fala de todos os animais que são considerados animais de estimação. Então temos este artigo que fala de como cuidar de peixes ornamentais em aquários. Se você é interessado por esses animais coloridos, elegantes que vivem dentro d’água veja este artigo.

– HAMSTER! O que são, de onde vem, como cuidar e algumas coisinhas a mais. (Click no título azul para ver o post)

Os hamsters, bichinhos muito fofinhos que também são pet’s. Aqui neste artigo fizemos um histórico de quem são essas criaturinhas e demos dicas de como cuidar desse peludos. Acho que vocês vão gostar.

– A importância de uma boa nutrição para o seu cão. (Click no título azul para ver o post)

Olha aí mais um post para quem quer cuidar melhor de seus animais de estimação. A nutrição, que tipo de comida você dá para o seu cachorro, dar a alimentação correta para seu cachorro é uma forma de cuidar melhor do seu amiguinho.

Se você é como eu e ama seus animais de estimação então você vai querer aprender mais para poder cuidar de seus queridos animaizinhos. Estudar, aprender não ocupa espaço. Quanto mais nós sabemos, mais temos condições de tomar as decisões certa na hora certa. Então ponham-se em ação, porque de intenções boas o mundo está cheio. Saiba mais para poder fazer mais.

Obrigado por estarem comigo aqui neste artigo. Espero que tenham gostado.

Cadastrem-se em nosso site, lá onde está escrito “Receba os nossos artigos em seu e-mail” na barra lateral do site, é o lugar onde vocês podem colocar seus e-mails e toda vez que eu colocar um artigo aqui no Falar sobre pet’s você o receberá em primeira mão.

A página do facebook é nossa, lá podemos interagir encontrar pessoas com os mesmos gostos que nós e construirmos uma rede do bem para fazer a cada dia um dia melhor para nós e para nossos pet’s. Então curtam nossa página do facebook, dá um joinha lá pra nós.

E é lógico, se vocês gostaram de nossos artigos compartilhem com seus amigos e conhecidos para que a cada dia possamos alcançar mais e mais pessoas. E assim possamos alcançar nossos objetivos.

Agora sim, para encerrar um abraço em todos.

Que Deus ilumine seus caminhos e até o próximo artigo.

Falar sobre pet’s, leiam, comentem, compartilhem…