Menu de navegação de páginas

Falando sobre nossos amiguinhos.

Dormir com cachorro: entenda os prós e contras

Dormir com cachorro: entenda os prós e contras do hábito

Dormir com cachorro: entenda os prós e contras do hábito

Os pets de estimação hoje são considerados membros das famílias. É por isso que o hábito de dormir com cachorro não é incomum. Mas será que isso faz bem para o cão e o dono? Quem esclarece é o veterinário Aldo Macellaro Jr.

“A escolha por dormir com o animal de estimação é de cunho individual. Indicada, a prática não é. Mas se o cão está acostumado a passar a noite na sua cama, também não adianta querer simplesmente suspender esse hábito”, explica o especialista. Principalmente porque o animal precisa ser condicionado. Cães gostam de rotina.

Vantagens e desvantagens de dormir com o pet

Conforme observa Macellaro, não é possível generalizar se dormir com o cachorro na cama é algo positivo ou negativo. Há vários aspectos a serem considerados. Por exemplo, sabe-se que o contato dos cães com humanos pode ser positivo para quem sofre sofre de depressão.

“A proximidade com os animais proporciona a sensação de bem-estar, devido à liberação de um hormônio chamado endorfina”, esclarece o veterinário. É por isso que a presença deles é benéfica até para quem enfrenta um quadro depressivo.

Outra possível vantagem de dormir com o cão seria desafiar o sistema imunológico, que se tornaria gradualmente mais resistente. Mas antes de levar seu cão de estimação para a cama, é importante analisar também os pontos negativos. O principal deles se refere à hierarquia.

“Os cães se organizam em um sistema de matilha. Por isso, se não identificar o líder, ele é quemassumirá o controle”, alerta Macellaro. Ou seja, é importante estabelecer alguns limites e ajudar o pet a desenvolver um comportamento tranquilo, sem agressividade.

O especialista sinaliza ainda que os animais gostam de ter liberdade e demarcar seu espaço. Por isso, cabe a você impor os limites. Como? Através de treinamentos e recompensas com biscoitos. Assim, será possível ensinar ao cachorro o que ele pode ou não fazer – e mostrar que é você quem está no comando.

Dormir com cachorro: cuidados de higiene

Além do aspecto subjetivo, há alguns cuidados práticos fundamentais se você gosta de dormir com cachorro. É preciso estar atento à salubridade básica do cão. “Ele precisa estar limpo, vacinado, livre de parasitas externos e internos e com a higiene dentária em dia”, pondera o veterinário.

Além da possibilidade do cão transmitir doenças a você, o contrário também pode ocorrer. “Se a pessoa estiver com alguma infecção de pele ou conjuntivite, por exemplo, é possível que transmita ao animal”, alerta Macellaro. Por isso, suspenda o contato quando você estiver doente, para não prejudicar a saúde do seu melhor amigo.

Quer ler o texto original? clique aqui
Autor: Redação Doutíssima
Fonte: Redação Doutíssima